20 de abril de 2011

Nicodemos e o Ciclo da Borboleta.

Vocês gostam de milho? Milho é muito gostoso para se comer na espiga, na salada, como pamonha, curau, bolo etc. Mas existe um tipo de milho que não dá pra fazer bolo nem comer na espiga. É um milho muito duro, que nem mesmo cozinhando ele fica macio. Mas se colocarmos uma panela no fogo bem quente, colocar óleo e depois colocar este grão duro dentro da panela, este grão é transformado pelo fogo. O grão que era duro torna-se uma macia pipoca.

“Jesus disse: Ninguém pode entrar no Reino de Deus se não nascer da água e do Espírito” João 3:5
Jesus passava o dia inteiro pregando, curando, ensinando e abençoando as pessoas. Quando chegava a noite Ele e seus discípulos iam dormir. Muitas das vezes eles não iam dormir em casa, pois estavam em uma viagem tão longa que tinham que acampar. Este acampamento não era como os nossos de desbravadores, com barracas ou bivaques, ele apenas dormiam enrolados em mantas. Outras noites enquanto todos dormiam, Jesus se retirava para orar, conversar com Seu Pai.
Em uma noite, Jesus e seus amigos estavam prontos para dormir quando chegou um visitante. Este era Nicodemos, ele não era amigo de Jesus. Nicodemos era fariseu, um dos principais homens entre os judeus, e queria saber se Jesus era Deus. Sabem o que Jesus respondeu? “Você precisa nascer de novo para entender a Deus.” Nicodemos quis entender como poderia um homem voltar ao ventre e nascer novamente. Jesus estava querendo explicar para Nicodemos que cada um precisa se tornar uma nova pessoa. Precisa ser transformado:
“Ninguém pode entrar no Reino de Deus se não nascer da água e do Espírito” João 3:5
Nascer da água é ser batizado. Nascer do Espírito é ouvir o sopro de Deus dizendo: “Esse é o caminho, ande por ele...” Para ouvirmos a voz do Espírito precisamos estudar a palavra de Deus.
Ao voltar para casa naquela noite Nicodemos deve ter pensado muito. Alguns dias depois os sacerdotes e chefes da nação queriam matar Jesus. Nicodemos viu o sofrimento de Jesus e percebeu quão más as pessoas eram e que a única esperança para elas era a transformação.
Nicodemos e José de Arimatéia foram pedir autorização das autoridades para tirar Jesus da cruz e colocá-lo  na sepultura.
Depois da ressurreição de Jesus e de sua volta ao céu os discípulos queriam contar para todo o mundo. Mas aquelas pessoas más perseguiram os amigos de Jesus e Nicodemos animava a fé dos discípulos. Nicodemos usou seu dinheiro para o avanço do evangelho e tornou-se pobre de bens deste mundo. Foi perseguido pelos que antes o reverenciavam e não vacilou sua fé que teve início naquela visita que fez a Jesus. Nicodemos foi transformado.
“Jesus disse: Ninguém pode entrar no Reino de Deus se não nascer da água e do Espírito” João 3:5
Você também sente que precisa ser transformado? Ainda não nasceu de novo? Talvez seja tempo de passar pelo batismo. Entretanto, aqueles que já são batizados e ainda não se sentem transformados, precisam olhar de novo para Jesus. Todos os dias devemos fixar nossos olhos e mente em Jesus. Jesus hoje diz para nós o mesmo que disse naquela noite para Nicodemos: “Olhe para cruz e você será transformado.”

As borboletas possuem um ciclo de vida que se dividem em quatro fases bem distintas (metamorfose)
Após o acasalamento a fêmea procura as plantas adequadas para depositar seus ovos. Estes ovos eclodem depois de alguns dias, e deles saem as larvas (mais conhecidas como lagartas), que após se alimentarem da casca do ovo, começam a comer as folhas da planta onde se encontram sem parar devido a um hormônio que possuem, criando também reservas alimentícias, pois precisam dos nutrientes necessários para o período de sua próxima fase de vida. A larva muda de pele enquanto vai crescendo (instar) e a produção deste hormônio também vai diminuindo. À medida que a produção desse hormônio diminui, as larvas consomem cada vez menos folhas. Quando param de comer  por completo, estão preparadas para a nova fase que é justamente o último instar. A larva procura uma folha ou galho mais resistente e quando está pronta para virar crisálida dependuram-se numa folha por um par de falsas pernas, de cabeça para baixo, assim que a pele de suas costas se abre, a larva se sacode e surge uma espécie de capa protetora. Durante esta fase, a lagarta é lentamente transformada em borboleta. Quando a transformação (metamorfose) está completa, a crisálida se abre e a borboleta sai de seu interior esperando horas, para que as asas úmidas  e encolhidas endureçam para se adequarem ao vôo.
(Não copiem esta parte pq cada um escreve o seu parecer como pede no cartão.)  É como se a borboleta nascesse 2 vezes. Primeiro ela nasce do ovo como uma larva e depois ela é e transformada, quando sai do casulo é como se nascesse novamente. Na vida espiritual é assim: Nascemos do ventre de nossa mãe. Depois que conhecemos a Jesus passamos por um processo de tranformação (a larva troca de pele várias vezes enqnto cresce) , e quando nos batizamos, nascemos para uma nova vida em Cristo Jesus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

palavra chave

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...