4 de setembro de 2012

Sexo e tal...



A responsabilidade dos pais

A mão estava fazendo uma faxina no quarto de seu filho mais velho. Quando virou o colchuma descoberta - uma revista pornográfica. Assim que o filho chegou em casa, foi confrontado com a evidência.
- O que é isso, filho?
- Não é nada, todo mundo tem. Não significa nada.
- Se não é nada, por que você a escondeu debaixo do colchão?
- Porque sabia que vocês não entenderiam. As coisas hoje são diferentes, mãe. A gente não pode ficar ultrapassado.
- Olha filho, por que você nunca veio falar conosco?
- Por que vocês nunca vieram falar comigo?

Talvez um dos assuntos mais difíceis para os pais conversarem com seus filhos seja o que trata dos "fatos da vida" - sexualidade.
Assim sendo, na ausência de instrução apropriada as crianças terão que se virar num mundo de informações contrárias aos valores bíblicos.
A informação que a criança recebe através de seus colegas, tv, músicas e sociedade em geral é quase sempre uma distorção sobre a perpectiva da sexualidade saudável. Mães e pais precisam alcançar seus filhos primeiro, mas não muito cedo para que eles mesmos não aticem a curiosidade deles. Exige muita coragem e sabedoria! Por outro lado, os filhos precisam ter a liberdade de procurar seus pais para obter as respostas que precisam para suas perguntas. Têm que saber que seus pais darão a melhor resposta possível, num "jogo aberto".



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre o que você gostaria de ler?