22 de abril de 2014

Querido Diário e outras coisas...

Querido Diário, ando naqueles dias em que gostaria de me teletransportar para um lugar onde tenha uma paisagem natural, calma e relaxante. So-zi-nha!!! Onde ninguém me pergunte ou peça para eu decidir nada! Sem ter uma agenda para cumprir. Aiai...
Depois de uma maratona do Nícolas ficar ruinzinho este fim de semana, estou me sentindo cansada. Fisicamente não. Essa noite já deu pra voltar a dormir um pouco melhor (ele ainda não dorme a noite inteira). Mas cansada da cabeça, sabe?! O Nícolas é uma criança muito carinhosa mas também sempre foi chorão (minha mãe acha ruim qndo falo isso dele). Chora por tudo (manha)! Quando nasceu, tinha cólicas 24 h. Depois veio aquela fase que desabafei com vocês sobre o problema da amamentação. Fora as rotinas de vacinas e dentes com seus efeitos neh. Mas agora ele chora à toa!!! E eu não quero fazer as vontades dele só pra ele parar de chorar. E aqui entra a famosa frase: "Ser mãe é padecer no paraíso". Será que é exagero meu?! Sou uma péssima mãe, ou é normal de vez em quando a gente ficar assim: precisando de um tempo?! Outro dia estava conversando com uma pessoa que também se sentia cansada e como ela tem muito dinheiro pra dar e vender e os filhos são maiorzinhos eu falei pra ela fazer uma viagem sozinha. Ela me disse que isso é "utopia de mãe". Será gente?! Não entendi...
Sabe que só de ficar aqui escrevendo já estou mais animada?!

Vou indicar pra vocês um filme que assisti outro dia, mais de uma vez... É o meu preferido no momento!!!
É a história de uma mulher que tem que fugir... e ela encontra um lugar que é um porto seguro... não vou falar muito... mas esse filme é do livro do Nicholas Sparks. O mesmo que escreveu P.S: Eu te amo e Para Sempre. E ainda tem outros livros que também viraram filmes.
O livro eu quero comprar e ler ainda...

Outro filme que assisti esses dias enquanto passava roupas também foi "A conselheira amorosa".
É bem bacaninha. Uma típica comédia romântica. Gênero que não agrada a todos, mas me agrada. 

Mudando de assunto...  Depois do níver do Nic, estou pensando em usar o tecido de marinheiro do painel para reciclar um barril desses que eu tenho aqui em casa, para por os brinquedos do pimpolho. Se não aparecer outra ideia até lá. Esse da foto, encontrei no google e foi feito com filtro de café reciclado. Fizeram decoupagem. Falando em filtro de café, logo logo vocês vão ver mais uma artinha minha usando este material.

Quem tiver algum projeto em casa, mostra pra gente.

Um comentário:

  1. Bom dia, minha querida!
    Como está agora?

    Olha, embora não tenha tido problemas de cólicas com o Gabriel, parece que hj em dia veio para compensar tudo, sabe... :-(
    Manhas, birras e afins.
    Ele é cheio de ideias próprias e quer tudo do jeito dele, vc entende?
    São 2 aninhos e 5 meses de personalidade forte, já vi tudo!
    Entendo perfeitamente sua sensação de precisar de férias, pois é estafante mesmo.
    Física e emocionalmente. Na realidade, acho que atinge todos os setores da nossa vida, viu...
    Só nos resta, amiga, segurar nas mãos de Deus e seguir adiante, firmes na confiança de que realmente tudo podemos nAquele que nos fortalece!
    Só ele msm!
    Obrigadinha pelas sugestões de filmes - me parecem apaixonantes!
    Vou aguardar suas artinhas, viu? ;-)

    Bjs e descanse no Senhor!
    Meu Doce Lar
    Fanpage
    Twitter
    G+

    ResponderExcluir

Sobre o que você gostaria de ler?