6 de junho de 2014

Eu e a Lei da Palmada

Já faz uns dias que penso em compartilhar aqui no diário meu entendimento sobre este tão polêmico assunto. Mas já aviso: eu não abro mão da autoridade da bíblia. E será mesmo que a bíblia e o Estatuto da Criança se contradizem?

A de apelido - Lei da Palmada, em votação simbólica, foi aprovada no Senado. Ela diz que "a criança e o adolescente tem o direito de ser educado sem o uso de castigo físico ou de tratamento cruel ou degradante, como formas de correção, disciplina, educação ou qualquer pretexto..." Ela ainda especifica que "castigo físico é ação disciplinar com uso de força física que resulte em sofrimento físico ou lesão"... "tratamento cruel ou degradante é forma de tratamento que humilhe, ameace gravemente ou ridicularize."

Será que eu entendi errado? Gente, até aqui, pela definição que deram, acho ótimo! 
Uma coisa é certa: Acho que esta lei veio em boa hora. Não quero estender muito este post falando sobre inúmeros casos de crianças que sofrem e tem consequências na vida e posteriormente geram resultados ruins e sérios na sociedade. Vocês já sabem dessas coisas!
Vamos agora aos ensinamentos bíblicos.
Pv 19:18. "Castiga a teu filho, enquanto há esperança, mas não te excedas a ponto de matá-lo."
Pv 22:15. "A estultícia está ligada ao coração da criança, mas a vara da disciplina a afastará dela."
Pv 23:12-14. "Aplica o coração ao ensino e os ouvidos às palavras do conhecimento. Não retires da criança a disciplina, pois, se a fustigares com a vara, não morrerá. Tu a fustigarás com a vara e livrarás a alma a sua alma do inferno."
Pv 29:15 e 17. "A vara e a disciplina dão sabedoria, mas a criança e a criança entregue a si mesma vem a envergonhar a sua mãe. Corrige o teu filho, e te dará descanso, dará delícias à tua alma."
No comentário bíblico que tenho aqui em minha bíblia vem falando que disciplina é correção verbal e vara é a correção física. São instrumentos usados para conduzir a criança à sabedoria.
Viram, só nestes textos apresentados, quantas vezes a bíblia utiliza a palavra vara?! Mas será que a bíblia nos instrui a bater com vara no sentido literal? Não! Embora na época bíblia castigos com varas e até pedras eram aceitos pela sociedade. Mas não em nossa época. Eu já vi muita gente utilizando da palavra de Deus para pegar varas das árvores e bater nos filhos. Um nojo. A palavra vara na bíblia se refere a correção, repreensão. Veja o testemunho de Jeremias em Lamentações 3:1: "Eu sou o homem que viu a aflição pela vara do furor de Deus." Não significa que literalmente Deus pegou uma vara para bater no povo que estava pecando, mas sim que Deus usou de um instrumento ( no caso o exílio e suas consequências), para corrigir seus filhos. 
Muitos pais são incoerentes. Não são fiéis na tarefa de disciplinar ou castigam com severidade excessiva.
Como é difícil as vezes encontrar o equilíbrio não é mesmo?! São tantas opiniões! O fato é que é preciso muita oração e paciência para criar os filhos com a medida certa de disciplina amorosa.
Gostaria de convidar vocês a assistirem o vídeo abaixo. Ele vai complementar muito o que pensamos sobre o assunto. Prometem pra mim que vão assistir? 


Visite o site da Esperança

Um comentário:

  1. Que bom que colocou o link! Estava tentando "te encontrar" mas não dava, hehe.

    Então, concordo com a Bíblia e acredito ser ela manual de vida. Como você já viu lá no blog, acho que não podemos perder o controle. Acho que na maioria das vezes batemos por isso, porque é difícil deixar a ira passar e bater depois explicando porque a criança tá apanhando. Acho que vale tentar o diálogo.

    Beijoca!

    ResponderExcluir

palavra chave

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...