26 de agosto de 2014

É Pinhata, é festa


Como vocês estão comadres? Por aqui estou me reorganizando, pois imprevistos acontecem e vez ou outra preciso reorganizar a rotina. Os dias estão ficando quentes novamente e minha cabeça pipocando de ideias de decorações que tenho pra fazer, coisas que gostaria e outras que tenho pra terminar. 
Tirei esse tempinho hoje para mostrar pra vocês uma inspiração que não sai da minha cabeça:
as pinhatas!


Trata-se de uma panela recheada de doces, coberta por papel crepom. Ela fica suspensa no ar como o conhecido bexigão que as crianças estouram nas festas para pegar a chuva de balas. A graça da pinhata é que ela deve ser rasgada pelo participante usando um bastão mas de olhos vendados e pode ser decorada de acordo com o tema da festa. A pinhata é muito comum nas festas no México e ela tem o formato de estrelas. No Brasil é mais comum em alguns lugares na região do nordeste e é conhecido como quebra-panela ou quebra-pote.
Minha propósta hoje é resgatar essa tradição cultural para usar de brincadeiras com as crianças e até mesmo adultos. E também, usar a pinhata como elemento da décor. Detalhes como este, fazem a diferença no sucesso da festa. A pinhata vai deixar o ambiente da sua festa divertido e descontraido.
Minha ideia no momento é fazer uma festa no campo com uma pinhata pendurada numa árvore. Quem sabe o próximo do Nícolas eu faça assim, pois quero muito fazer algo não convencional ao ar livre.

Quer aprender o PAP desta pinhata de abajur chinês? Veja no >O artesanato<
Esta também é bem original e super barata pois usa-se rolos de papel higiênico. Encontrei o PAP >aqui<

fonte
Vale até para casamentos! Sendo assim, posso garantir que não só em festa infantil, mas também em chá de cozinha a até em chá de bebê a pinhata está valendo. Pode usar no tema "what will it bee?" que falei >aqui<

Minha ideia no momento é fazer uma festa no campo com uma pinhata pendurada numa árvore. Quem sabe o próximo do Nícolas eu faça assim, pois quero muito fazer algo não convencional ao ar livre.

2 comentários:

  1. 'Olá, Débora
    Linda esse quebra-panela, ainda se usa um pouco por aqui no Nordeste... quando era pequena em todos as festinhas de niver tinha e era muito legal, sabia que tinha vindo do México, mas não sabia que era chamada de Pinhata.
    Boas inspirações para qualquer festa e faz muito sucesso.
    Bjos e boa semana,
    Sheyla
    http://blogdmulheres.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, Débora!
    Não conhecia a Pinhata. Que diferente! Pra mim, né? Gostei da feita com rolos de papel higienico. Na foto elas parecem maiores, mas acho que dá para fazer maior com cartolina. Ah, pensei em utilizar lanternas japonesas que são decorativas e que no momento da brincadeira causará surpresa, afinal, era para ser apenas uma lanterna japonesa.
    Beijus,

    ResponderExcluir

palavra chave

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...