24 de novembro de 2015

Menos sal, mais sabor e saúde na mesa da família


Oi pessoal, tudo bem com vocês? Depois das últimas novidades eu ando sumida mesmo por conta dos incômodos da gravidez e pela correria de algumas decorações que fiz. Mas hoje consegui almoçar direitinho e enquanto estava me deliciando com minha berinjela quase sem nenhum sal me lembrei de alguns posts onde já conversamos sobre o sal nos alimentos, e resolvi trazer algumas dicas sobre esse hábito com 5 maneiras que vão te ajudar a diminuir o sal.

***O consumo excessivo de sal é responsável por 2.3 milhões de mortes por ano em todo o mundo. Mas o verdadeiro problema não é o sal, mas sim um dos seus constituintes: o sódio, que em excesso provoca o aumento da tensão arterial e está relacionado com uma infinidade de doenças.***
Faz muito tempo que pra poder comer mais vegetais eu caprichava nos temperos diversos como molhos prontos. Com o tempo eu fui vendo que seria melhor eu me acostumar com o sabor real dos alimentos e tirar do cardápio algumas coisas como o uso demasiado do sal e esses temperos que tem bastante sódio e conservantes. Foi assim com o açúcar também. Já com o açúcar foi mais fácil pois sou mais chegada em pratos salgados. Uso açúcar mascavo e em algumas receitas o branco, mas usamos pouco por aqui, tanto que chega a durar meses no pote. 
Neste post minha intenção é mostrar que se pensarmos em nossa saúde podemos conseguir treinar nossas papilas gustativas e nos adaptarmos com o sabor dos alimentos tirando um pouco do sal da nossa vida. Eu já ouvi muita gente falar que não se acostuma! Que é ruim e tal... Mas é comprovado que é possível mudar nosso paladar sim! Ele vai se adaptando e passamos a sentir cada vez menos necessidade do sal (do açúcar também). 

Conheça agora 5 maneiras de usar menos sal para ter uma vida mais saudável:

1- Use ervas e temperos como alho, cebola, salsinha, cebolinha, pimentão, manjericão e outros para intensificar o sabor dos alimentos. Aqui em casa eu congelo alguns como pimentão, salsão, salsinha para ter sempre a mão. Mas lá no rancho já iniciamos a nossa horta e em breve eu terei tudo isso bem fresquinho. Coisa que sempre quis e já comentei muito aqui no blog com vocês. Ainda vai demorar um pouquinho pra me mudar pra lá, mas logo vou atualizando vocês.

2- Retire o saleiro da mesa e experimente a comida antes de adicionar mais sal.

3- Leia sempre o rótulo dos alimentos para conferir a quantidade de sódio que você está ingerindo. 

4- Use sal marinho. Além de ser melhor para a saúde porque não é refinado ele possui menos sódio.

5- Diminua o consumo de alimentos industrializados. Escolha sempre que possível alimentos in natura. Uma reeducação alimentar não é fácil, é questão de criação de hábito. Eu não gostava de berinjela, enquanto hoje eu me delicio com ela ainda tem alimentos que não gosto muito. Também tem ingredientes que ainda não me adaptei a deixar de usar. A grande questão é sermos conscientes e termos moderação em tudo. 

Pode ser que você que ainda não experimentou um pouco dessa mudança pense que minha comida não é normal e é sem sabor. Mas se passarem a seguir essas dicas que eu trouxe pra vocês vão descobrir que na verdade os alimentos com menos sal e mais temperos naturais ganham mais sabor. Quando optamos por fazer estas mudanças nossa comida fica com mais sabor. Pra mim, hoje, o que não é normal é uma comida cheia de sal mas sem "tempero". rsrs


Não posso deixar de falar dos nossos filhos. A saúde da criança depende por completo do exemplo nutricional que os pais vivem em casa. Por isso devemos ser muito conscientes desde o primeiro momento que damos de comer ao nosso bebê. Aliás, na verdade, desde o ventre a criança recebe informações de sabores e depois também no aleitamento, e tudo isso influência muito no paladar deles quando vão crescendo. Por isso nada de sal nem açúcar para os bebês. E conforme eles vão crescendo devemos continuar com rigorosa moderação pois o sal e o açúcar aparecem nos alimentos como sucos de caixa, bolachas e outros alimentos "sem avisar".

Meu filho não come direito! Você já ouviu ou disse isso? Podem ser diversos motivos mas é bem provável que seu filho não se alimente bem por causa do sal e do açúcar que você oferece a ele. Uma criança que é alimentada com industrializados e doces antes dos 2 anos de idade já está sendo adaptada a uma alimentação nada saudável. Ela vai crescendo e perdendo facilmente o interesse pela alimentação natural e saudável pois o sal e o açúcar vicia, sem contar que é um veneno dar certos alimentos para nossos pequenos. Por isso use sempre da informação e da moderação.
Espero ter ajudado com este post. Vamos juntos melhorar nosso estilo de vida a cada dia?!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sobre o que você gostaria de ler?