15 de outubro de 2017

Um ano de mudanças | agora sou mãe que trabalha fora


Esse ano escrevi pouquíssimo no blog. Não por falta de assunto, pois várias vezes senti vontade de escrever aqui. Mas percebo que daqui pra frente vai ficar difícil. Este não é um blog profissional, é amador, como o próprio nome já diz, mas todo blog demanda tempo. Até porque eu sempre procurei registrar aqui conteúdo de verdade, daquilo que eu aprendia, refletia, buscava e vivia. 

Este blog surgiu de uma necessidade pessoal de escrever sobre minha aprendizagem e assim ir compartilhando minha experiência, vivencia e transformação. 
Depois que descobri sobre o que eu realmente queria escrever, surgiu a ideia de dedicar parte do meu tempo às coisinhas de decoração e diy, lembram? Até cheguei a fazer alguns trabalhos de decoração. Tudo graças ao blog. 
Depois veio a maternidade. Foi quando eu nasci mãe e renasci como pessoa a cada dia. E quantas alegrias e choros compartilhei também aqui, quem se lembra de alguma? Minha jornada foi buscar uma melhor versão de mim, ler, pesquisar e estudar para compartilhar desse universo da maternagem. Por várias vezes achei que não valeria a pena essa exposição, mas sempre aparecia um comentário, email ou mensagem de agradecimento e de troca de experiência que me motivavam a continuar dividindo este diário. E não posso deixar de lembrar da minha decisão de não trabalhar fora e me dedicar exclusivamente a educação dos filhos, construção do caráter e outros princípios que foram tema em vários posts por aqui.
Alguns também acompanharam meu desejo de morar em uma casa onde eu pudesse ter mais contato com a natureza e depois que eu me mudei para chácara busquei viver uma vida mais leve e usar menos do meu tempo na internet. 
E agora chegou um outro momento marcante em minha vida. Deixei de me dedicar 24h às atividades domésticas e maternidade e passei a ser uma mãe que trabalha fora. Ahh, quanta coisa eu já quis escrever sobre esse universo novo pra mim e acredito que também pra outras mães que compartilham dessa minha realidade. Mas estou em tempo de adaptação, trabalhando uma nova rotina e descobrindo uma nova fase. Preciso me compenetrar e organizar meu tempo para as coisas que mais me importam realmente. A vida está sim uma correria e em meu tempo livre prefiro prezar por equilíbrio mental. 
Em 2015 eu participei de um processo seletivo para professora do SESI SP. Sem esperar nada fui surpreendentemente chamada agora no segundo semestre desse ano para ocupar meu cargo. Com um sentimento desconhecido e um choro incontrolável que veio sabe-se lá de onde eu senti que era meu momento de aceitar virar essa página em minha vida. Deus foi encaixando as coisas pra mim em cada dúvida e em cada dificuldade eu senti que Ele estava me empurrando para voar. 
Depois que comecei a trabalhar fora, várias coisas mudaram. Uma delas é que eu voltei a me dedicar a algumas atividades e a outras coisas que eu deixei com a chegada da maternidade. 
Bom... eu não sei ainda como tudo será daqui pra frente. Tenho alguns planos e outros desejos mas certas coisas do amanhã só pertencem a Deus eu creio. 

Um comentário:

  1. Oi Débora, passando para te desejar uma boa entrada
    de ano para ti e para os teus.
    Abraços.

    ResponderExcluir

palavra chave

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...